A acupuntura significa punção com uma agulha e é frequentemente usada em combinação com diferentes tipos de estímulos como a eletroacupuntura, a laseracupuntura, auriculopuntura, acupressão (a aplicação de pressão em locais selecionados) e a ventosaterapia (sucção de copos à vácuo), dentre várias outras técnicas milenares da medicina chinesa.

 

A acupuntura se originou na China há milênios atrás e se espalhou para o Japão, Coréia e pelo restante da Ásia. É reconhecida oficialmente pelos governos nestes países sendo amplamente utilizada nos seus sistemas de saúde e é bem aceita pelo público em geral.

Estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS) registrados no documento "Acupuncture: Review and Analysis of Reports on Controlled Clinical Trials", forneceram provas científicas irrefutáveis de que a acupuntura é melhor sucedida do que os tratamentos placebo. Por exemplo, a dor crônica aliviada pela acupuntura é de 55 a 85%, se comparada com a de medicamentos potentes (morfina ajuda de 70% dos casos) e supera de longe o efeito placebo (30 a 35%). Além disso, os mecanismos de analgesia de acupuntura têm sido extensivamente estudado desde o final de 1970, revelando o seu importante papel neural e fatores hormonais.

De um modo geral, o tratamento com acupuntura é seguro, suas reações são mínimas e não-tóxicas se comparada ao consumo de fármacos, com as suas contra-indicações e efeitos adversos. Esta é provavelmente uma das principais razões por que a acupuntura é tão popular no tratamento de dor crônica em muitos países. Basta comparar a eficácia da acupuntura contra a dor crônica mas sem os efeitos adversos da dependência da morfina.

Até à data, os modernos estudos científicos revelaram as seguintes ações de acupuntura:

• induz à analgesia

• protege o organismo contra infecções

• regula as funções fisiológicas.

Os efeitos terapêuticos da acupuntura e as ações reguladoras em vários sistemas, são considerados como uma terapia com um amplo espectro de indicações, particularmente útil em desordens funcionais. Embora usada como um tratamento sintomático (para a dor, por exemplo), em muitos casos, na verdade, age sobre os sintomas patogênicos de uma doença.

A ação regulatória da acupuntura é bi-direcional. A acupuntura reduz a pressão sanguínea em pacientes com hipertensão e eleva-a em pacientes com hipotensão, aumenta a secreção gástrica em pacientes com hipoacidez e diminui em pacientes com a hiperacidez, normaliza a motilidade intestinal sob observação de raios-X em pacientes com colite espástica ou hipotonia intestinal. Portanto, a acupuntura raramente faz com que a condição piore.

A acupuntura não produz efeitos adversos como faz a terapia através de drogas. Por exemplo, quando a libertação de hidrocortisona desempenha um papel importante na produção de um efeito terapêutico, as doses de substância libertada pela acupuntura são pequenos e finamente regulados.

Por outro lado, a acupuntura tem limitações. Mesmo sob condições em que a acupuntura é indicada, ela pode não funcionar se o potencial do indivíduo é não é adequado para a recuperação. É importante frisar que é a condição do paciente que influencia diferentes efeitos e resultados.

Mesmo se o efeito da terapia de acupuntura for menos potente do que a convencional, ainda pode valer a pena considerar a acupuntura como opção de tratamento por causa da toxicidade ou efeitos adversos dos tratamentos convencionais. Por exemplo, há relatos de ensaios clínicos controlados, que mostram que a acupuntura é eficaz no tratamento de artrite reumatoide, embora não tão potente como corticosteroides. Porque, ao contrário do uso dos corticosteroides que causam efeitos colaterais, parece razoável usar a acupuntura para tratar esta condição, apesar da diferença na eficácia.

Vale a pena considerar o tratamento com acupuntura de pedras nos rins por causa da sua simplicidade, o que a torna mais aceitável para os pacientes, mesmo que tenhamos resultados positivos superiores na intervenção cirúrgica. Há também casos em que a acupuntura não é mais viável do que a terapia convencional. Por exemplo, a eficácia do tratamento com acupuntura de disenteria bacilar aguda se comparável com o uso de furazolidona.

A acupuntura é uma opção para muitas doenças ou condições para as quais modernos tratamentos convencionais são mal sucedidos. Isso é valioso nas situações em que o paciente está com medo dos riscos potenciais ou efeitos adversos dos tratamentos convencionais.

Benefícios da acupuntura e como funciona a acupuntura sob o ponto de vista científico?

1. Aumento da Imunidade

A acupuntura aumenta os níveis de hormônios específicos como as prostaglandinas, triglicérides, contagem de células brancas do sangue, gama globulinas, opsoninas e os níveis globais de anticorpos

2. Produção de Endorfina

A acupuntura estimula as secreções de endorfinas - analgésico natural produzido pelo nosso próprio corpo - sua denominação se origina das palavras "endo" (interno) e "morfina" (analgésico)

3. Teoria dos Neurotransmissores

A acupuntura afeta certos níveis de neurotransmissores no SNC como a serotonina e noradrenalina - responsáveis por elevar o bom humor e produzir a sensação de bem-estar, e da melatonina - que garante a melhora do sono.

4. Teoria Circulatória

A acupuntura estimula a constrição ou dilatação de vasos sanguíneos, através da liberação de vasodilatadores , tais como a histamina

5. Teoria do "Portão da Dor"

Eliminação da transmissão da dor, onde estímulos nervosos impedem que os estímulos de dor cheguem ao sistema nervoso central.

Please reload

Acupuntura Alivia Hérnia de Disco e Supera Medicamentos

23 Aug 2019

1/6
Please reload

Ligue já:   
11 94147-3803
11 5523-7350
Posts Em Destaque
Please reload

Please reload

Traduzido e adaptado das fontes:

http://www.medicalacupuncture.org

http://www.who.int

Ligue já:   
11 94147-3803
11 5523-7350