8 Formas comprovadas para gerenciar dor crônica sem medicação inclusive acupuntura

Desde levar o cão para passear para vitamina D e acupuntura, esses remédios naturais podem fornecer o alívio que você precisa para tratar a osteoartrite, fibromialgia, enxaquecas e muito mais.

1. Relaxe com a acupuntura

AFRICA-STUDIO/SHUTTERSTOCK

Este tratamento oriental é indicado quando você procura alívio natural da dor. "As evidências atuais são positivas, pois a acupuntura pode ser útil na dor lombar, dor de cabeça e artrite. Os benefícios da acupuntura se acumulam com o tratamento contínuo", diz Robert Bonakdar, diretor de gerenciamento de dor no Scripps Center for Integrative Medicine em La Jolla , Califórnia. Ele explica que a acupuntura reage ao cérebro tocando em áreas cognitivas que controlam a memória e a resposta à dor.

2. Mantenha-se em movimento com o exercício

CAT-SCAPE/SHUTTERSTOCK

"O exercício é uma das ferramentas mais poderosas que temos para a dor crônica", diz o Dr. Bonakdar. Permanecer ativo "permite aos pacientes aumentar seu nível de endorfinas, dopamina e oxigênio do tecido, tudo o que pode ajudar a reduzir a dor ao mesmo tempo que melhora o humor e o sono", acrescenta. Dr. Bonakdar aponta para uma pesquisa de Cochrane de 2017 que descobriu que o exercício aeróbio provavelmente melhora a qualidade de vida e pode reduzir a intensidade da dor em pacientes com fibromialgia. Dito isto, algumas pessoas dizem que o exercício aumenta o desconforto, para evitar esse problema, é importante ver um médico ou fisioterapeuta que possa trabalhar com você para iniciar um programa e acelerar com segurança.

3. Considere a vitamina D

1989STUDIO/SHUTTERSTOCK

O que a vitamina pode fazer? Em uma nova pesquisa no Journal of Endocrinology, pesquisadores brasileiros destacam o papel que D pode desempenhar tanto no alívio da dor crônica como no sono. Por um lado, a falta de sono pode ter efeitos inflamatórios reduzidos que o tornam mais sensível a dores. A falta de vitamina D também foi associada a ambas as condições de dor (como a fibromialgia) e o sono fraco. (Estes são os sinais de que você não está recebendo suficiente vitamina D.) A conclusão: tomar mais suplementos de D, certificando-se de que você tenha boas práticas de higiene do sono (como manter a tecnologia fora do quarto) podem ajudá-lo a dormir melhor e a controlar o desconforto. Quanto de vitamina D é ideal para você? Fale com o seu médico antes de iniciar a ingestão do suplemento.

4. Considere uma dieta mediterrânea

SHEBEKO/SHUTTERSTOCK

O estilo mediterrâneo de comer tem pessoas comendo de forma muito deliciosa: montes de frutas e vegetais, peixes gordurosos (como o salmão), nozes, legumes e azeite. "Há evidências de que o controle de açúcar no sangue pode reduzir a progressão da dor na artrite do joelho e que, seguindo a dieta mediterrânea, pode reduzir a sensibilidade à dor", diz o Dr. Bonakdar. Num estudo publicado por pesquisadores da Universidade Estadual de Ohio, ele ressalta e sugere que uma dieta anti-inflamatória pode diminuir o desconforto a longo prazo, particularmente naqueles que são obesos. É por isso que ele tende a recomendar que seus pacientes sigam uma dieta com baixo teor de açúcar, alto omega-3, anti-inflamatória. (Na verdade, ele planeja dar aos seus pacientes demonstrações de culinária sobre como usar alimentos para reduzir a dor.) Uma dieta paleo (comida não processada) também pode ser eficaz para aliviar a dor.

5. Alongue-se

FIZKES/SHUTTERSTOCK

Agora que você está se movendo mais, adicione yoga. A dor crônica pode mudar o seu cérebro - você pode perder a matéria cinzenta, o que afeta suas emoções e cognição, dois fatores que afetam o processamento da dor -, mas o yoga pode transformar isso, sugere pesquisa em 2015 no jornal Pain. "Praticar yoga tem o efeito oposto no cérebro, assim como a dor crônica", disse o autor do estudo, M. Catherine Bushnell, PhD, em um comunicado de imprensa. Yoga e meditação podem reduzir sua percepção de dor e reduzir o risco de condições que muitas vezes a acompanham, como uma depressão, ansiedade e fadiga. Apenas tenha cuidado com as poses de ioga que podem prejudicá-lo.

6. Saboreie uma xícara de java (xícara de café)

DJORDJE-NOVAKOV/SHUTTERSTOCK

Como se você precisasse de mais provas de que você precisa de uma boa noite de sono: um novo estudo na revista Nature Medicine em ratos descobriu que os roedores cansados ​​exibiam sinais de que sentiam mais dor após cinco noites de privação de sono. O autor do estudo disse aos meios de comunicação que ficar acordado até tarde pode ser uma das coisas que contribuem para dores duradouras. Você não pode evitar noites atrasadas completamente, então, qual é a solução? Beba cafeína ao acordar. O estimulante também ajudou a reduzir a resposta de um roedor sonolento ao desconforto. Fique em uma xícara ou duas da manhã.

7. Experimente a terapia comportamental cognitiva

WAVEBREAKMEDIA/SHUTTERSTOCK

Também chamado de TCC, a abordagem mente-corpo ajuda você a identificar e mudar pensamentos, emoções e comportamentos autodestrutivos que provocam dor. Você pode aprender a relaxar, identificar e mudar os padrões de pensamento destrutivos, bem como identificar comportamentos que aumentam e diminuem a dor. Simplificando, é uma abordagem de resolução de problemas. TCC, juntamente com outras técnicas psicoterapêuticas, como biofeedback e atenção plena "podem ajudar a reduzir os níveis de dor ao mesmo tempo que modulam a atividade cerebral semelhante à acupuntura", diz o Dr. Bonakdar..

8. Use mais açafrão

EUGENIA-LUCASENCO/SHUTTERSTOCK

Há tantas maneiras em que o açafrão pode impulsionar sua saúde, incluindo o funcionamento cognitivo. Adicione outro a essa lista: dor crônica. A cúrcuma contém um composto anti-inflamatório chamado curcumina (que lhe dá a sua cor amarela), que "tem evidências clínicas históricas e sólidas para reduzir a inflamação e a dor", diz o Dr. Bonakdar. Uma meta-análise publicada no Journal of Medicinal Food concluiu que o extrato de açafrão foi eficaz no tratamento da artrite, embora existam mais pesquisas, ressaltam os autores. Ainda assim, vale a pena adicionar o tempero às suas refeições (jogue a raiz fresca em um processador, polvilhe-o na água enquanto o arroz cozinha). Pergunte ao seu médico se os suplementos são adequados para você.

Source: https://www.rd.com/health/conditions/natural-pain-relief/

#Acupuntura #DorCronica #Saude #BemEstar #DoresCronicas #Osteoartrite #Fibromialgia #Enxaqueca #DorLombar #DorDeCabeca #Artrite #Artrose #Osteoartrose #Analgesia #Analgesico #Inflamacao #Antiinflamatorio #Endorfina #Dopamina #Insonia #MelhoraDoHumor


Leia também:

Acupuntura Supera Drogas para Dor no Joelho e Inflamação

Acupuntura É Eficaz Para Artrite do Joelho

Benefícios da Acupuntura no Pós-operatório De Cirurgia no Joelho

É Oficial: Acupuntura para Dor nas Costas é Aprovada pelos Médicos

Sucesso da Acupuntura para Artrite Reumatoide

Acupuntura Acalma a Dor da Artrite e Aumenta a Mobilidade

Acupuntura Alivia a Dor Ciática, Reduz a Inflamação e Regenera a Lesão No Nervo

Acupuntura Alivia Hérnia de Disco e Supera Medicamentos

Acupuntura Alivia a Dor Lombar e a Inflamação Devido à Hérnia de Disco

Acupuntura Alivia Dores nas Costas Devido Às Hérnias de Disco

Acupuntura Acalma Ataque de Gota

Acupuntura é eficaz no tratamento de dores crônicas, confirma pesquisa

Menos dor, melhor rendimento: acupuntura conquista atletas

Acupuntura para Dor no Tendão de Aquiles, Joelho, Dor Lombar e no Tornozelo - Medicina Esportiva

Acupuntura Alivia a Dor da Gravidez

Acupuntura Sob o Ponto de Vista Científico

Em Meio a Crise de Opióides, Oficiais dos Estados Unidos se Voltam Para a Acupuntura

8 Formas comprovadas para gerenciar dor crônica sem medicação inclusive acupuntura

Rua José Soares Sebastião, 74 - Jardim Marajoara

04671-200 Zona Sul de São Paulo SP

11 94147-3803

 

 

                                11 5523-7350  

  • Facebook App Icon
giphy.gif